quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Zica, o vírus que veio da América para distrair a Saúde que deixámos de ter



Escolha a notícia à qual dedicar toda a sua atenção:
 
1. A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reunir na próxima segunda-feira o comité de emergência para decidir uma resposta global à rápida disseminação de infecções pelo vírus Zica na América Latina. A doença, que foi associada a um aumento de casos de microcefalia em recém-nascidos, tornou-se uma ameaça de “proporções alarmantes”, afirma a directora-geral da organização.
2. Desigualdade no acesso aos serviços de saúde, atrasos nas cirurgias, dificuldade em fazer tratamentos no estrangeiro, elevado número de cesarianas, dificuldade de acesso a médico de família e cuidados de saúde oral fora do Serviço Nacional de Saúde são algumas das áreas que estão a contribuir para uma avaliação mais negativa do sistema de saúde português. De acordo com o ranking internacional feito pela organização sueca Health Consumer Powerhouse, Portugal surge na edição de 2015 no 20.º lugar do Índice de Assistência Médica Europeu, quando em 2014 estava na 13.ª posição. Eis a lista: 1º Holanda, 2º Suíça,3º Noruega, 4º Finlândia, 5º Bélgica, 6º Luxemburgo, 7º Alemanha, 8º Islândia, 9º Dinamarca, 10º Suécia, 11º França, 12º Áustria, 13º República Checa, 14º Reino Unido, 15º Eslovénia, 16º Croácia, 17º Estónia, 18º Macedónia, 19º Espanha, todos eles têm melhor Saúde do que o 20º Portugal.
3. O Observatório dos Direitos Humanos concluiu que "foi violado" o direito à saúde dos utentes que morreram nas urgências de sete hospitais portugueses no Inverno de 2015, aconselhando as respectivas administrações a seguirem recomendações para prevenir situações idênticas. No relatório publicado na sua página da Internet, o ODH indica que "a ineficiência dos serviços e a reduzida capacidade de resposta que demonstraram nos períodos em causa leva a que se possa afirmar que os direitos à saúde destes utentes [e dos demais que aí se encontravam e que sofreram iguais demoras no seu atendimento e tratamento] foram violados".

1 comentário:

fb disse...

De acordo com o ranking internacional feito pela organização sueca, Portugal surge na edição de 2015 no 20.º lugar do Índice de Assistência Médica Europeu, quando em 2014 estava na 13.ª posição. Eis a lista: 1º Holanda, 2º Suíça,3º Noruega, 4º Finlândia, 5º Bélgica, 6º Luxemburgo, 7º Alemanha, 8º Islândia, 9º Dinamarca, 10º Suécia, 11º França, 12º Áustria, 13º República Checa, 14º Reino Unido, 15º Eslovénia, 16º Croácia, 17º Estónia, 18º Macedónia, 19º Espanha, todos eles têm melhor Saúde do que o 20º Portugal.