quinta-feira, 28 de maio de 2015

Quem tem meedo da Democracia?


Por que é que os arcos das “governabilidades” por essa Europa fora tremem com fenómenos como o Syriza e o Podemos? O El Pais fornece uma pista: os movimentos Barcelona em Comum, Esquerda Republicana e CUP, membros da coligação vencedora nas municipais de Domingo passado, assinaram um documento no dia 19 de apoio aos trabalhadores da empresa de telecomunicações Movistar, em greve vai para dois meses. A coligação comprometeu-se com o seu eleitorado a fazer do respeito por direitos laborais – tão básicos como a semana laboral de 40 horas com dois dias de descanso, remunerações dignas e igualdade salarial de género – condição necessária para ser fornecedor de bens ou de serviços da municipalidade que viriam a conquistar poucos dias depois. Como é bom de ver, quem tem muitas e boas razões para temer a mudança não são os cidadãos. É a casta que enriquece à sombra das governabilidades que lhe concedem  o estatuto de negreiros destes novos tempos de escravidão. Tudo muda quando os cidadãos se organizam e usam a democracia a seu favor.

1 comentário:

fb disse...

A coligação comprometeu-se com o seu eleitorado a fazer do respeito por direitos laborais – tão básicos como a semana laboral de 40 horas com dois dias de descanso, remunerações dignas e igualdade salarial de género – condição necessária para ser fornecedor de bens ou de serviços da municipalidade que viriam a conquistar poucos dias depois. Como é bom de ver, quem tem muitas e boas razões para temer a mudança não são os cidadãos. É a casta que enriquece à sombra das governabilidades que lhe concedem o estatuto de negreiros destes novos tempos de escravidão. Tudo muda quando os cidadãos se organizam e usam a democracia a seu favor.