quinta-feira, 30 de abril de 2015

O caçador de talentos





Ontem, a pretexto do Dia Europeu da Solidariedade e Cooperação entre Gerações, foi dia de promover aos olhos dos portugueses a alegada vantagem de desmantelar um Estado-pecado que ainda assegura direitos e da sua substituição por instituições-virtude escolhidas pelos benfeitores do regime para a nobre missão de transformar esses direitos em caridade. Com esse propósito, a Obra Diocesana de Promoção Social, do Porto, foi agraciada pelo Presidente da República que nunca se engana e raramente tem dúvidas com o título de membro honorário da Ordem do Mérito. Nem 24 horas depois, hoje, nova homenagem, desta vez oferecida pela PJ e inspectores da Segurança Social, que fizeram buscas nas instalações  do mais recente membro honorário da Ordem do Mérito na sequência de suspeitas de fraude à Segurança Social, mais concretamente uma denúncia de recebimento de dinheiros públicos por serviços prestados a utentes-fantasma. Sem dúvida alguma, Cavaco Silva é um caça talentos. Acertou em cheio na condecoração ao Zeinal que fez voar 900 milhões da PT para o universo Espírito Santo. Arrisca-se a acertar na mouche outra vez. Quem serão os medalhados do próximo 10 de Junho? A PJ que esteja atenta.

2 comentários:

fb disse...

Cavaco Silva é um caça talentos. Acertou em cheio na condecoração ao Zeinal que fez voar 900 milhões da PT para o universo Espírito Santo. Arrisca-se a acertar na mouche outra vez.

Manuel Salgado Alves disse...

:) :) :)