segunda-feira, 16 de março de 2015

Ai aguentam, aguentam


Segundo um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Observatório Europeu sobre Sistemas de Saúde hoje divulgado, A despesa em cuidados de saúde por habitante em Portugal está 20% abaixo da média europeia. Segundo o Governo, os 4625 óbitos a mais que fizeram o recorde de mortalidade registado neste Inverno devem-se à gripe e ao frio. Segundo o senhor Presidente da República, as reformas estruturais que produziram os números anteriores são para continuar. Garantidamente irão continuar, qualquer que seja a combinação de partidos do arco da austeridade que componha a maioria parlamentar que suporte o próximo Governo. E bastará que em 2016 a austeridade mate “apenas” 4624 acima da média, menos um de nós do que este ano,  para que o próximo Governo possa falar-nos ao coração sobre o tanto que o país melhorou com a sua austeridade fofinha.

1 comentário:

fb disse...

A despesa em cuidados de saúde por habitante em Portugal está 20% abaixo da média europeia. Segundo o Governo, os 4625 óbitos a mais que fizeram o recorde de mortalidade registado neste Inverno devem-se à gripe e ao frio. Segundo o senhor Presidente da República, as reformas estruturais que produziram os números anteriores são para continuar. Garantidamente irão continuar, qualquer que seja a combinação de partidos do arco da austeridade que componha a maioria parlamentar que suporte o próximo Governo. E bastará que em 2016 a austeridade mate “apenas” 4624 acima da média, menos um de nós do que este ano, para que o próximo Governo possa falar-nos ao coração sobre o tanto que o país melhorou com a sua austeridade fofinha.