quinta-feira, 16 de outubro de 2014

IRS/IRC: trocado por miúdos


A electricidade aumentará quase
cinco vezes mais do que a inflação em 2015.
Quando falamos no alegado “novo” IRS do OE 2015, falamos em deduções à colecta a rondar os 300 euros por filho, isto é, estamos a falar numa reduçãode 30 euros no imposto a pagar por uma família que tenha os seus rendimentos do trabalho tributados a 10% em 2015. Já quando falamos no novo IRC do mesmo OE 2015, cuja taxa foi reduzida em dois pontos percentuais, estamos a falar em 20 mil euros por cada milhão de lucros líquidos, isto é, por cada milhão em lucros as empresas irão beneficiar de uma redução de impostos equivalente à de 666 famílias com um filho a cargo. Uma empresa como a EDP, que gera lucros diários a rondar os 4 milhões de euros, obterá uma redução em sede de IRC que é mais de dez vezes superior à soma de todas as reduções de todas as famílias que terão filhos em 2015. Isto é que vai ser dar à luz.




Imagem: "Ironicamente"

1 comentário:

fb disse...

Quando falamos no alegado “novo” IRS do OE 2015, falamos em deduções à colecta a rondar os 300 euros por filho, isto é, estamos a falar numa reduçãode 30 euros no imposto a pagar por uma família que tenha os seus rendimentos do trabalho tributados a 10% em 2015. Já quando falamos no novo IRC do OE 2015, cuja taxa foi reduzida em dois pontos percentuais, estamos a falar em 20 mil euros por cada milhão de lucros líquidos, isto é, por cada milhão em lucros as empresas irão beneficiar de uma redução de impostos equivalente à de 666 famílias com um filho a cargo. Uma empresa como a EDP, que gera lucros diários a rondar os 4 milhões de euros, obterá uma redução em sede de IRC que é mais de dez vezes superior à soma de todas as reduções de todas as famílias que terão filhos em 2015. Isto é que vai ser dar à luz.