sábado, 25 de outubro de 2014

Cheira a fim


Postulava um tal senhor Murphy que não há nada que já esteja suficientemente mal que não possa ficar ainda pior. O Governo vai-se esforçando por comprová-lo graças às garantias dadas por outro senhor famoso que mora ali para os lados de Belém. Estamos quase em Novembro e ainda há alunos sem professores. Pedro Passos Coelho esteve à vontade para irresponsabilizar o Ministro elogiando-o. O país esteve sem Justiça durante uns inacreditáveis 44 dias a fio. Os Tribunais estiveram completamente paralisados durante um mês e meio. A Ministra, que começou por ganhar tempo pondo toda a gente a falar sobre o seu deslavado pedido de desculpas, lembrou-se de reorientar a sua loucura furiosa para a teoria da cabala. Diz-nos agora, e à PGR,  que o Citius rebentou devido a sabotadores desconhecidos. Pedro Passos Coelho, na mesma linha, atribui aos comentadores e jornalistas que sempre trouxeram o Governo ao colo a sabotagem da sua credibilidade e acusa-os, nem mais nem menos, de serem "preguiçosos", "orgulhosos" e "patéticos". O Governo estrebucha. E há rumores de que amanhã poderá ser o dia em que começará a ser finalmente oficializada a situação, escondida durante ainda mais tempo do que a do BES, de falência  do BCP. Será desta? Está na hora de mudar de aldrabão.

1 comentário:

fb disse...

Postulava um tal senhor Murphy que não há nada que já esteja suficientemente mal que não possa ficar ainda pior. O Governo vai-se esforçando por comprová-lo graças às garantias dadas por outro senhor famoso que mora ali para os lados de Belém. Estamos quase em Novembro e ainda há alunos sem professores. Pedro Passos Coelho esteve à vontade para irresponsabilizar o Ministro elogiando-o. O país esteve sem Justiça durante uns inacreditáveis 44 dias a fio. Os Tribunais estiveram completamente paralisados durante um mês e meio. A Ministra, que começou por ganhar tempo pondo toda a gente a falar sobre o seu deslavado pedido de desculpas, lembrou-se de reorientar a sua loucura furiosa para a teoria da cabala. Diz-nos agora, e à PGR, que o Citius rebentou devido a sabotadores desconhecidos. Pedro Passos Coelho, na mesma linha, atribui aos comentadores e jornalistas que sempre trouxeram o Governo ao colo a sabotagem da sua credibilidade e acusa-os, nem mais nem menos, de serem "preguiçosos", "orgulhosos" e "patéticos". O Governo estrebucha. E há rumores de que amanhã poderá ser o dia em que começará a ser finalmente oficializada a situação, escondida durante ainda mais tempo do que a do BES, de falência do BCP. Será desta? Está na hora de mudar de aldrabão.