quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Mas ele agora é o Moedas das ciências



Carlos Moedas quereria uma pasta talhada à sua medida, talvez a das ciências ocultas das relações com especuladores financeiros, paraísos fiscais e máfias das grandes multinacionais. Grande maldade, acabaram por pôr o rapaz na investigação, ciência e inovação, área com algumas semelhanças no nome mas na qual apenas tem uma experiência indirecta por ter pertencido ao Governo que também neste campo mais fez para dar cabo do pouco que por cá havia. Ainda assim, a sua reacção foi de enorme satisfação. Pagam bem, é poder, dá curriculum e pode ser que o tacho ainda dê para ganhar uns cobres por fora, ou os conhecimentos que se arranjam nestas coisas não tivessem sempre a sua ciência. Assim se distribuem as pastas na Comissão Europeia. Só por mero acaso é que dali não sairia invariavelmente asneira após asneira. Quem não sabe é como quem não vê. Também não é preciso. Rebéubéu, Moedas ao tacho. É português!

Sem comentários: