quinta-feira, 19 de junho de 2014

Boas notícias: o primeiro Hospital que se fartou de ser teatro

“Não há disparate maior do que dizer que na Saúde houve cortes cegos” – Paulo Macedo, Ministro da Saúde, 19/03/2014.

Com tantas notícias sobre a situação dramática que se vive no sector da Saúde, consequência da brutalidade dos cortes orçamentais decididos por este Governo, é estranho isto não ter acontecido há mais tempo e com alguma certeza será a primeira de muitas demissões em bloco. A administração do Centro Hospitalar de São João, no Porto, presidida por António Ferreira, bem como a direcção clínica demitiram-se esta quinta-feira, por considerarem que não existem condições para continuar a tratar dos doentes de forma adequada. Além da administração e da direcção clínica, demitiram-se também 31 directores de serviços clínicos e todas as direcções dos departamentos do Centro Hospitalar de São João.

Sem comentários: