domingo, 18 de maio de 2014

A coisa máilinda das coisas máilindas



Antes do apito inicial da final da Taça de Portugal, tal era o espectáculode festa nas bancadas do Jamor, um locutor dizia na rádio que o futebol é a coisa mais importante das coisas menos importantes. Ao intervalo, os placards sonoros da Rrrrrrrrrrrrrrádio Voz de Fátima assinalavam  uma vantagem tangencial no derby sagrado: Jesus, 1 – Espírito Santo, 0. Ficou assim. E esta digo-a eu: o Benfica é a coisa máilinda das coisas máilindas. Campeonato (33º), Taça de Portugal (25ª) e Taça da Liga (5ª), com uma final europeia perdida sem sofrer um único golo na competição pelo meio. Hoje existe um vocábulo novo no léxico futebolístico nacional: tripleto. O Benfica é o primeiro clube português a coleccionar os três troféus numa só época. É o clube português com mais troféus nas três competições. A "dobradinha " de hoje – Campeonato e Taça de Portugal – já não acontecia há 27 anos. A época começou mal, com uma derrota na Madeira contra o Marítimo. Termina assim. Foi uma das melhores de sempre. Toca a festejar.

Sem comentários: