terça-feira, 25 de março de 2014

www.banhos-turcos.com


“Vamos acabar com o Twitter”, disse Recep Erdogan horas antes de ter bloqueado aquela rede social na Turquia à meia noite de Quinta-feira passada. Outras frases: “Não permitiremos que as pessoas sejam devoradas pelo YouTube ou pelo Twitter ou pelo que for”, “Não importa o que a comunidade internacional diz”, “Todos vão testemunhar o poder da república turca”. Nem combinado. Horas depois, soube-se hoje, o Ministério da Educação de Portugal, através da sua DGEEC, anunciou às escolas de todo o país as limitações à entrada no Facebook, Tumblr, Instagram e lojas Android e Apple, entre as 08h30 e as 13h30 e uma limitação de utilização máxima nas restantes horas. Actualizações para o sistema operativo Windows só serão permitidas das 17h às 8h do dia seguinte. O YouTube não terá limitação horária mas fica abrangido por um limite de utilização. E foi assim que as autoridades portuguesas e turcas tomaram as medidas que se impunham para melhorar a qualidade de acesso à internet nos respectivos países.

1 comentário:

Anónimo disse...

“Vamos acabar com o Twitter”, disse Recep Erdogan horas antes de ter bloqueado aquela rede social na Turquia à meia noite de Quinta-feira passada. Outras frases: “Não permitiremos que as pessoas sejam devoradas pelo YouTube ou pelo Twitter ou pelo que for”, “Não importa o que a comunidade internacional diz”, “Todos vão testemunhar o poder da república turca”. Horas depois, soube-se hoje, o Ministério da Educação de Portugal, através da sua DGEEC, anunciou às escolas de todo o país as limitações à entrada no Facebook, Tumblr, Instagram e lojas Android e Apple, entre as 08h30 e as 13h30 e uma limitação de utilização máxima nas restantes horas. Actualizações para o sistema operativo Windows só serão permitidas das 17h às 8h do dia seguinte. O YouTube não terá limitação horária mas fica abrangido por um limite de utilização. E foi assim que as autoridades portuguesas e turcas tomaram medidas que se impunham para melhorar a qualidade de acesso à internet nos respectivos países.