sábado, 3 de agosto de 2013

Mal combinado


Se as eleições legislativas se realizassem agora, o PS ganharia com maioria relativa, procuram voltar a mostrar duas sondagens publicadas nesta sexta-feira. Desta vez, porém, a coisa parece que não foi lá muito bem combinada entre as empresas que produziram esta sugestão. Na sondagem da Universidade Católica para a RTP/JN/DN o PSD aparece com 32% e o PS com 35%), enquanto na da concorrente Eurosondagem, feita para a SIC/Expresso, o PSD aparece com 24,4% das intenções de voto, menos 7,6% do que na da Católica, e o PS com 37,4%, mais 2,4% do que os 35% que lhe atribui a rival. conclusões possíveis: a Católica trabalha para o PSD, a Eurosondagem para o PS e ambas trabalham para o condicionamento das escolhas que tem favorecido o rotativismo crónico que fez de Portugal uma presa fácil para os negócios do centrão. Não seria pior ideia se os partidos da alternativa decidissem formar também uma empresa de sondagens capaz de baralhar este monopólio do condicionamento das escolhas, actualmente detido pelo "arco" da nossa ruína. As eleições também se ganham aqui.

Sem comentários: