domingo, 2 de junho de 2013

O mercado, ai, o mercado...


Pergunta: por que é que vocês dão dinheiro a ganhar a agiotas e não remuneram as poupanças dos portugueses à mesma taxa de juro com que os enriquecem? Resposta: Isso é que era bom. Passarinhos e pardais, não somos todos iguais. Por acaso não se importa que mudemos de tema? Pergunte-me, por exemplo, sobre o vivemos acima das nossas possibilidades, sobre a necessidade de reduzir o salário mínimo ou sobre os incríveis privilégios dos funcionários públicos.

Sem comentários: