segunda-feira, 17 de junho de 2013

Governar não é mandar


Após vários dias em que o protesto dos gregos se fez ouvir nas ruas e durante os quais as emissões foram asseguradas via internet, o Conselho de Estado grego, a mais alta instância de justiça administrativa, anulou esta segunda-feira “temporariamente” o encerramento da radiotelevisão pública grega (ERT). Tal como o nosso, o Governo grego foi  surpreendido pelos limites que a lei impõe ao exercício do poder. Em democracia, governar não é mandar. Valeu, vale sempre a pena lutar.
Vagamente relacionado: à mesma hora que os tribunais gregos mandavam o governo restabelecer o sinal da televisão pública, o líder do Syriza dirigiu-se a milhares de pessoas na praça Syntagma. Em clima pré-eleitoral, Tsipras afirmou que o corte do sinal da ERT foi um assalto à democracia e que o tempo de Samaras acabou. (continuar a ler)

Sem comentários: