domingo, 9 de junho de 2013

Descubra as diferenças


Quem é que, neste domingo, em Tóquio, afirmou que a crise na Europa acabou e acrescentou que os tempos duros que a região atravessou, em vez de a fragilizarem, vão torná-la mais forte? Não, não foi Vítor Gaspar. Foi François Hollande.

E quem é que hoje se encontrou com a Presidente brasileira e lhe manifestou toda a sua alegria pela possibilidade da privatização da TAP poder vir a colocar o interesse estratégico da companhia em mãos brasileiras? Não, não foi Pedro Passos Coelho. Foi António José Seguro.

Afinal, esta espécie de "esquerda"Bilderberg em que é que se distingue da direita que continua a afundar Portugal e comanda a destruição da Europa? Responda quem quiser continuar a iludir-se.

Sem comentários: