quinta-feira, 6 de junho de 2013

Afinal, foi só milagre


Os portugueses são mesmo mal intencionados. Andaram a dizer que o Rui Pedro Soares usou dinheiros públicos para pagar ao Figo para tomar o pequeno-almoço com José Sócrates em vésperas de eleições. Uma maldade. Tudo apenas porque uns polícias de meia tigela devidamente autorizados interceptaram cidadãos insuspeitos a comentar ao telefone a pornografia do negócio. O que vale é que temos uma Justiça eficiente que absolveu toda a gente e pôs ponto final ao falatório. Só não propôs a beatificação de Rui Pedro Soares e o rapaz merecia. Fez o milagre de fazer aparecer umas largas centenas de milhar de euros na conta do Figo, o que, convenhamos,  não é para todos,  e ainda teve a humildade de não reclamar a façanha, o que está ao alcance de um número ainda mais restrito de bons samaritanos. Mas está bem. Somos um Estado laico e a Justiça não tem por missão andar para aí a fazer santinhos. Pelo menos oficialmente.

Mais milagres de Rui Pedro Soares aqui.

Sem comentários: