sexta-feira, 17 de maio de 2013

Uma excelente notícia para todos, sem excepções

Um dia, ainda haveremos de interrogar-nos como foi possível que este dia não tivesse acontecido muitos anos mais cedo. Portugal fica mais perto de considerar cidadãos de primeira e de segunda consoante a sua orientação sexual. É raro haver notícias que sejam boas para toda a gente, sem excepções. É o caso desta. O projecto de lei que propunha a co-adopção por casais do mesmo sexo foi aprovado esta sexta-feira no Parlamento com 99 votos a favor, 94 votos contra e nove abstenções. Votaram 202 dos 230 deputados, vários abandonaram o hemiciclo antes do início da votação. Votaram a favor as bancadas do BE, PCP, PEV, a maioria dos deputados do PS e 16 deputados do PSD. Abstiveram-se três deputados do PS, três do PSD e três do CDS. E votaram contra a maioria dos deputados do PSD e do CDS, assim como dois deputados do PS. (mais detalhes aqui)

Sem comentários: