domingo, 7 de abril de 2013

Pedro Piegas Coelho e a birra austeritária


Uma sessão de queixinhas sobre o TC e depois outra de ameaças de aceleração da liquidação em curso do nosso Estado Social. A tão aguardada comunicação ao país afinal resumiu-se a isto. Pedro Piegas Coelho julga que ainda está em condições de fazer ameaças. Adiou novamente o choque final que terá com a realidade mais depressa do que ele e o papá Cavaco pensam. O país está mais do que farto deste clube das esperanças mortas e da sua obsessão austeritária. O 25 de Abril e o 1º de Maio vêm mesmo a calhar para conversarmos mais detalhadamente sobre estes assuntos. Na rua.

Sem comentários: