quinta-feira, 4 de abril de 2013

E você? Acredita no Pai Natal?


Acreditar numa mentira é a melhor forma de transformá-la em verdade. E olhar para as crenças dos outros e verificar toda a estupidez que encerram é uma boa forma de analisarmos as nossas. Acreditar é uma das estruturas mentais mais primitivas.

Assim, de acordo com uma sondagem da Public Policy Polling, um quarto dos americanos acredita que Obama é o anti-cristo, mais de um terço que o aquecimento global não passa de uma mentira, 7% que a chegada à Lua não passou de uma encenação, 14% estão convencidos da existência do Abominável Homem das Neves e 5% não fazem por menos: Paul McCartney morreu num acidente de carro em 1966.

 E você? Acredita que as consequências de rasgar o memorando da troika seriam piores do que cumpri-lo à risca? Que se o poder caísse nas mãos de Bloco de Esquerda ou PCP até as plantas cresceriam para debaixo da terra? Que os comunistas comem criancinhas ao pequeno-almoço? Que o Sócrates ou o Passos Coelho são o anti-cristo? Que se o salário mínimo recuperasse um mínimo de decência haveria mais falências do que as provocadas por não haver poder de compra? Que uma saída da União Europeia seria pior do que mantermo-nos nela? Que pôr os ricos a pagar impostos como os pobres seria péssimo para todos e não apenas para eles? Que uma moção de censura condenada ao fracasso à partida pode provocar uma descida na Bolsa de Lisboa? Que uma descida da Bolsa de Lisboa pode prejudicar a sua vida no que quer que seja? Que os políticos que dispõem de máquinas partidárias que à partida lhes garantem a eleição ficam muito chateados se você ficar em casa no dia das eleições?

Antes de responder a cada pergunta, não será má ideia questionar-se de onde vem a sua crença, em que é que se baseia para acreditar assim tanto  e a quem é que essa crença beneficia e a quem prejudica. Depois, acredite no que quiser. Haverá sempre um desinteressado para aplaudir a sua fé, nem que seja por mera cumplicidade. A fé move montanhas, sobretudo de dinheiro e de poder. Pode movê-los para longe e pode trazê-los para perto, depende. Uma sucessão combinada de crenças foi o que até aqui nos trouxe.

(editado)

1 comentário:

Francisco Trindade disse...

"mais de um terço que o aquecimento global não passa de uma mentira" é que esta ao contrário das outras é verdade...Fazer o favor de ler o fundador da climatologia Marcel Leroux...

P.S. Só falta dizer que os tempos climáticos que estamos a viver se devem ao "aquecimento global"...Tretas!!!

Um abraço!
Francisco Trindade