quarta-feira, 10 de abril de 2013

Afinal, o IGCP foi reestruturado para quê?


O Governo autorizou nesta quarta-feira salários mensais até 10 mil euros para o presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP),, João Moreira Rato, e até 6998 euros e 7960 euros para os dois vogais. Para o restante sector público, continua a ser permitida apenas despesa paga com o corpinho, sem compromisso.

Sem comentários: