segunda-feira, 25 de março de 2013

Tudo não passou afinal de um grande equívoco


Todos os quatro arguidos do processo da Casa Pia pronunciados por crimes de abuso sexual de menores cometidos numa casa particular em Elvas foram absolvidos nesta segunda-feira no julgamento no Campus da Justiça de Lisboa. O colectivo de juízes da 8.ª Vara Criminal de Lisboa, presidido pela juíza Ana Peres, considerou que "não foram provados em audiência de julgamento os factos" constantes da acusação. Tudo termina bem quando acaba bem. Tudo não passou, afinal, de um grande equívoco.

1 comentário:

Anónimo disse...

Todos os quatro arguidos do processo da Casa Pia pronunciados por crimes de abuso sexual de menores cometidos numa casa particular em Elvas foram absolvidos nesta segunda-feira no julgamento no Campus da Justiça de Lisboa. O colectivo de juízes da 8.ª Vara Criminal de Lisboa, presidido pela juíza Ana Peres, considerou que "não foram provados em audiência de julgamento os factos" constantes da acusação.