sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Quase gémeos


Mais de meio milhão de pessoas assinaram desde ontem uma petição online para que o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, se demita, indignados com a revelação do El País de que terá havido uma contabilidade paralela no Partido Popular que durante duas décadas permitiu aos dirigentes do PP beneficiarem de dinheiro recebido de donativos empresariais ilegais e colocarem fortunas de milhões de euros em contas na Suíça. Acto contínuo, o Procurador-geral espanhol deu ordem aos juízes anti-corrupção para interrogarem o ex-tesoureiro do PP. É mais ou menos o que aconteceu por cá com o Freeport e o Face Oculta doPS, os submarinos e os sobreiros do CDS e o BPN e as jardinices do PSD. Também tivemos milhares de assinaturas e vozes na rua e a nossa Justiça não esperou para actuar de imediato. Ainda hoje, quando se soube que um dos nossos novos Secretários de Estado indicados por Pedro Passos Coelho e prontamente aceite por Cavaco Silva é um dos ex-administradores do BPN, gerou-se uma onda de indignação tal que fez saltar a cera dos ouvidos aos mais desprevenidos que se atreveram a sair à rua durante esta Sexta-feira. Não é à toa que chamamos aos espanhóis os "nuestros hermanos". Somos quase gémeos. Portugueses e espanhóis são feitos da mesma massa e ambos sabemos mostrar que não é água o que nos corre nas veias.

3 comentários:

Mariposa Colorida disse...

Na minha modesta opinião não somos nada gémeos. Nós somos um país de acabrunhados!

Filipe Tourais disse...

Pois claro que não somos. Obviamente, era ironia.

José Gonçalves Cravinho disse...

É de admitir a semelhança,pois os Povos da Península Ibérica foram influenciados não só pelos árabes que ocuparam o território durante quatro séculos e depois pela cultura latina pela Vigarice dos Vigários de Cristo da bíblico-judaico-cristã Religião.
E não esquecer que a Máfia é de origem italiana.