quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2013

Portugal não é a Grécia



Vagamente relacionado: Cândida Almeida, até agora directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) cargo que exerceu nos últimos 12 anos, foi a responsável por processos como o Freeport, Portucale, BPN, Monte Branco, Operação Furacão e Submarinos. Abandona o cargo sem que de nenhum deles tenha resultado uma única condenação.
Ainda mais vagamente: É a próxima reforma nos cuidados de saúde; o primeiro contacto nos centros de saúde em vez de ser com os médicos de família passa a ser assumido por enfermeiros. O objectivo é que cada utente tenha um enfermeiro de família, que fará o acompanhamento de crianças ou o apoio na gestão de doenças crónicas no sentido da prevenção e promoção de saúde, encaminhando os casos que o justifiquem para enfermeiros especialistas ou, eventualmente, médicos.

1 comentário:

protontech7 disse...

Pelos comentarios de outras noticias sobre o tema nos noticiários portugueses dá pra ver que os portugueses exportaram alem dos degredados e ladrôes tambem os politicos e o modus operandi dos mesmos para o brasil, porque la como ca os políticos em geral são todos corruptos e ladrões a comecar pélo chefe do bando o Sr Lula que seria neste caso o príncipe dos ladrões..