quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Mais um sucesso porque lhe chamam assim


Os dados da execução orçamental relativos ao passado mês de Dezembro foram nesta quarta-feira divulgados pelo Ministério das Finanças, já depois das 22h, e revelam que, em contabilidade pública, o défice provisório das administrações públicas ascendeu a 8328,8 milhões de euros, ou seja, 5% do PIB.A comunicação social pinta-o como mais um sucesso. Como é que ele foi obtido? Entre outras proezas, com a venda da ANA e  com o roubo de dois salários a trabalhadores do Estado e pensionistas. À custa de quê? De uma economia a cair aos bocados, de milhares de empresas que fecharam portas, de um desemprego em níveis inéditos, de fome e de miséria. O que é, afinal, um "sucesso"?

1 comentário:

Mariposa Colorida disse...

Eu gostei da expressão de um jornalista que, dando conta desta notícia, rematou com um "Cortesia da venda da ANA!"