terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Foi você que pediu 1700 bufos?


Já vi melhores argumentos para a criação de uma milícia de bufos, mas a GNR diz querer contar com maior apoio dos cidadãos e, dizem eles que por isso, foram formadas cerca de 1700 pessoas para servirem de elo de ligação com esta força policial. Através do Programa Interlocutor Local de Segurança, pago com dinheiros públicos, evidentemente, a GNR diz esperar que estas pessoas possam melhorar a relação das populações com a Guarda, em especial no que se refere a acções de sensibilização e prevenção, mas também, como admite um responsável em entrevista à RTP, para servirem de informadores da polícia. O revivalismo salazarento do Governo de um tal Pedro que lê livros de culto sobre o ditador já tinha ido longe demais nos planos económico e social, faltava-lhe a componente pidesca. Exigem-se explicações, até para refrear as tentações que estas afrontas sempre alimentam e evitar o surgimento de eventuais iniciativas de represália, tão ilegítimas como esta, de quem se empenhe na tarefa de criação de anti-milícias com a missão de caçar e vestir a rigor este exército de colaboracionistas: com porrada, como corresponde. Os irresponsáveis que nos governam andam a brincar com o fogo.  

Sem comentários: