sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Eles estão com medo

Agentes da PSP de Braga utilizaram, esta manhã, gás pimenta para fazer dispersar uma manifestação de estudantes da escola secundária Alberto Sampaio, que protestavam contra a agregação do estabelecimento de ensino num mega-agrupamento, dizem eles que para evitar formas de intervenção mais musculada, aposto que também adequada para putos. Também esta manhã, no Porto, Rui Rio chamou os mesmos capangas do Corpo de Intervenção para o escoltarem na inauguração da escola da Fontinha que o haviam ajudado a correr à bastonada quem fizera daquela escola, então abandonada, um espaço ao serviço da comunidade. No mesmo dia, na mesma manhã, o poder deu dois sinais inequívocos de toda a sua ilegitimidade. Um poder que tem medo até de putos é um poder que sente que apenas sobrevive na base da força. E isto é próprio do exercício do poder  em regimes tudo menos democráticos, não é? O nosso é um regime democrático, é a democracia, e não a força, que legitima o poder. A força pode adiar-lhes a queda durante uns tempos, mas apenas durante uns tempos. Eles sabem que podem cair a qualquer momento. Que vão cair.

2 comentários:

Mariposa Colorida disse...

Democracia...??? País democrático??? Onde...Já foi há algum tempo!

M. disse...

Depois disto, é difícil descer mais baixo!