sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Mania das grandezas


Não prendem o Isaltino, condenado a pena de prisão e livre que nem um passarinho no poleiro da sua autarquia. Não julgam o Paulo dos submarinos , pelo contrário,  até lhe confiaram a pasta de outros negócios ainda mais estrangeiros. Não prendem o Dias BPN Loureiro, pelo contrário, convocam o seu extensíssimo know-how em trafulhices para aconselhar o Governo nas negociatas dos dias que correm. Mas a Mariana Avelãs foi constituída arguida, apenas por divulgar a manifestação de 15 de Setembro último. Não seria muito mais simples e barato enviar-lhe um postal  a dizer "vai mas é roubar, Mariana"? Detesto esta mania das grandezas.


1 comentário:

Facebook share disse...

Não prendem o Isaltino, condenado a pena de prisão e livre que nem um passarinho no poleiro da sua autarquia. Não julgam o Paulo dos submarinos , pelo contrário, até lhe confiaram a pasta de outros negócios ainda mais estrangeiros. Não prendem o Dias BPN Loureiro, pelo contrário, convocam o seu extensíssimo know-how em trafulhices para aconselhar o Governo nas negociatas dos dias que correm. Mas a Mariana Avelãs foi constituída arguida, apenas por divulgar a manifestação de 15 de Setembro último. Não seria muito mais simples e barato enviar-lhe um postal a dizer "vai mas é roubar, Mariana"? Detesto esta mania das grandezas.