sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Era uma vez uma gordura do Estado

A reforma das funções sociais do Estado continua a avançar a bom ritmo. E a refundação do dia é particularmente importante para aumentar a esperança de vida de vírus e bactérias, esses seres vivos que andavam a ser objecto das mais intoleráveis sevícias no Hospital de São João. A administração acaba de decidir-se pela adopção de um plano de redução de horas contratadas com a Conforlimpa devido a restrições orçamentais. Em vez das 30 mil horas mensais até aqui contratadas com a empresa responsável pelos maus tratos aos bichinhos, esse número será reduzido para 22 mil em Novembro, 16 mil em Dezembro e 10 mil em Janeiro. Como se vê, houve o cuidado de proceder a uma cautelosa redução gradual, evitando-se, assim, incomodar os doentes com a chinfrineira de ruídos que é característica de reproduções demasiado frenéticas. Luxos. Gorduras nojentas.



Ainda mais vagamente: Portugal continuará, até 2017 inclusive, a ser um dos países do mundo com menor crescimento, com mais desemprego e a economia continuará a perder posições no ranking do poder de compra per capita, indica o Fundo Monetário Internacional. Cada português continuará a descer (a empobrecer) na lista dos mais de 180 países analisados pela instituição. De acordo com oFMI, Portugal chegará a 2017 em pior situação económica relativa do que estava em 2011. Nos próximos cinco anos, o nosso país será ultrapassado no indicador de riqueza por pessoa (em paridades de poder de compra) por três países: este ano, Portugal será suplantado pela Eslováquia, em 2015 pela Estónia e em 2017 pela Lituânia.

1 comentário:

Facebook share disse...


A reforma das funções sociais do Estado continua a avançar a bom ritmo. E a refundação do dia é particularmente importante para aumentar a esperança de vida de vírus e bactérias, esses seres vivos que andavam a ser objecto das mais intoleráveis sevícias no Hospital de São João. A administração acaba de decidir-se pela adopção de um plano de redução de horas contratadas com a Conforlimpa devido a restrições orçamentais. Em vez das 30 mil horas mensais até aqui contratadas com a empresa responsável pelos maus tratos aos bichinhos, esse número será reduzido para 22 mil em Novembro, 16 mil em Dezembro e 10 mil em Janeiro. Como se vê, houve o cuidado de proceder a uma cautelosa redução gradual, evitando-se, assim, incomodar os doentes com a chinfrineira de ruídos que é característica de reproduções demasiado frenéticas. Luxos. Gorduras nojentas.