segunda-feira, 26 de novembro de 2012

É disto que o meu povo gosta


Num artigo publicado hoje no NYT, Warren Buffet, o terceiro homem mais rico do mundo, defendeu que os Ricos deveriam pagar 30% de impostos e os ultra ricos 35%. É uma ideia que não passa pela cabeça dos nossos ricos e dos três partidos que os representam. Mas é igualmente  uma ideia que tão-pouco passa pela cabeça dos nossos pobres e remediados, mais preocupados com os rendimentos dos políticos e com os carros em que se fazem transportar do que propriamente em contribuir para o fortalecimento de uma alternativa à brutalidade que, dia após dia, vai enriquecendo uma minoria à custa do empobrecimento de todos os demais: se as eleições fossem hoje, os três partidos que assinaram o memorando da austeridade que nos sufoca obteriam novamente cerca de 80% dos votos. Definitivamente, o problema de Portugal não estará tanto nem nas políticas, nem nos políticos. Venha mais austeridade.

1 comentário:

Facebook share disse...

Num artigo publicado hoje no NYT, Warren Buffet, o terceiro homem mais rico do mundo, defendeu que os Ricos deveriam pagar 30% de impostos e os ultra ricos 35%. É uma ideia que não passa pela cabeça dos nossos ricos e dos três partidos que os representam. Mas é igualmente uma ideia que não passa pela cabeça dos nossos pobres, mais preocupados com os rendimentos dos políticos e com os carros em que se fazem transportar do que propriamente em contribuir para o fortalecimento de uma alternativa à brutalidade que, dia após dia, vai enriquecendo uma minoria à custa do empobrecimento de todos os demais: se as eleições fossem hoje, os três partidos que assinaram o memorando da austeridade que nos sufoca obteriam novamente cerca de 80% dos votos. Definitivamente, o problema de Portugal não estará tanto nem nas políticas, nem nos políticos. Venha mais austeridade.