quinta-feira, 5 de julho de 2012

Vergonha

O Tribunal Constitucional declarou nesta quinta-feira a inconstitucionalidade dos cortes dos subsídios de férias e de Natal, mas determina que “os efeitos desta declaração” não se aplicam à suspensão deste ano. Defendia a avó Manuela  que devia suspender-se a democracia por seis meses e pôr tudo na ordem. Errou por pouco. A suspensão é por um ano e para pôr tudo em desordem. A partir de agora, tudo é possível. O Tribunal Constitucional aceitou colaborar num roubo e suspender a vigência da Constituição da República Portuguesa até ao final do ano.

2 comentários:

Anónimo disse...

O Tribunal Constitucional declarou nesta quinta-feira a inconstitucionalidade dos cortes dos subsídios de férias e de Natal, mas determina que “os efeitos desta declaração” não se aplicam à suspensão deste ano. Defendia a avó Manuela que devia suspender-se a democracia por seis meses e pôr tudo na ordem. Errou por pouco. A suspensão é por um ano e para pôr tudo em desordem. O Tribunal Constitucional aceitou colaborar na suspensão da Constituição da República Portuguesa até ao final do ano.

Sentada na ponta da lua disse...

E vamos a ver se é só até ao final do ano! Não sei para onde caminhámos, mas não me parece que seja na direcção correcta!