segunda-feira, 4 de junho de 2012

Ora bolas

O desemprego em máximos e com tendência a agravar-se, o PIB a encolher-se cada vez mais e, paradoxos irrelevantes à parte, como não poderia deixar de ser, Portugal a cumprir e no bom caminho, segundo a avaliação da troika há pouco comunicada ao país pelo i ne na rrá vel Ví tor Ga s p   a r. A fraude solene do costume. Desta vez, porém, dupla fraude. É que toda a gente estava à espera de um comentário à notícia da manhã: quando fez aquele papelinho no Parlamento, Passos Coelho já sabia que também existe um relatório secreto sobre a sua carreira profissional. Foi descoberto, por mero acaso, num twit em que sobraram mais de 50 caracteres, por alguém que também descobriu que Miguel Relvas fez parte das Doce. Daí o perdão imediato. E o tributo prestado na AR. Eu até entendo que Vítor Gaspar não revele segredos de Estado. Mas alguém deveria ter-lho perguntado. Os senhores jornalistas têm experiências suficientes para terem já como garantido que sobre economia Vítor Gaspar nunca diz nada de jeito. Não seria NADA mal pensado começarem a tentar outros temas.

1 comentário:

Anónimo disse...

O desemprego em máximos e com tendência a agravar-se, o PIB a encolher-se cada vez mais e Portugal no bom caminho, segundo a avaliação da troika há pouco comunicada ao país pelo i ne na rrá vel Ví tor Ga s p a r. A fraude solene do costume. Desta vez, porém, dupla fraude. É que toda a gente estava à espera de um comentário à notícia da manhã: quando fez aquele papelinho no Parlamento, Passos Coelho já sabia que também existe um relatório secreto sobre a sua carreira profissional. Foi descoberto, por mero acaso, num twit em que sobraram mais de 50 caracteres, por alguém que também descobriu que Miguel Relvas fez parte das Doce. Daí o perdão imediato. E o tributo prestado na AR. Eu até entendo que Vítor Gaspar não revele segredos de Estado. Mas alguém deveria ter-lho perguntado.