domingo, 25 de março de 2012

Uma proeza e uma injustiça (olé, olé, olé)

O FC Porto acaba de mostrar toda a sua superioridade relativamente ao rival Benfica. Também empatou, é verdade, mas não é todos os dias que uma equipa empata a uma bola sem marcar um único golo. Não é para todos. Queixe-se o Paços de Ferreira, por ter marcado todos os golos da partida e apenas ter conseguido empatar 1-1. É injusto. E já nem digo nada sobre o jogador que marcou o segundo golo dos pacenses, aquele que valeu o empate, pertencer aos quadros do Benfica. Compraram-no. É um verdadeiro escândalo.

Sem comentários: