terça-feira, 27 de março de 2012

Sempre tão moderadinhos

António José Seguro quer que os socialistas eleitos para cargos políticos - deputados e autarcas - contribuam com dois por cento dos seus vencimentos líquidos para o PS. Aqui está uma boa diferença entre “moderados” e “radicais”. No Bloco de Esquerda, por exemplo,  os eleitos para cargos políticos mantêm o vencimento que auferiam antes de o serem. Todo o vencimento acima desse valor reverte para o partido.

Sem comentários: