sexta-feira, 30 de março de 2012

Relacionado com flexibilização e produtividade

1. Um organismo do Estado português está a pedir aos seus trabalhadores com recibos verdes que assinem um documento em como não têm “afinidades políticas” com outros colaboradores e ex-funcionários desses mesmos serviços. A declaração – que está a ser pedida menciona, além da questão partidária, “interesses económicos” e “relações familiares”. (daqui)
2. As notícias das últimas semanas sobre casos de empresas norte-americanas que pedem os nomes de utilizador e as passwords aos seus candidatos e actuais funcionários levaram um congressista do Partido Democrata a propor uma alteração que pudesse colmatar o vazio legal existente na legislação do país. O objectivo era dotar a Comissão Federal de Comunicações de mecanismos legais que pudessem proibir especificamente os empregadores de pedirem os dados de acesso às redes sociais. A proposta, da responsabilidade do congressista Ed Perlmutter, do Partido Democrata, foi rejeitada por 236 votos contra 185, com apenas um republicano a votar a favor. (daqui)

1 comentário:

Anónimo disse...

Que horror. Estamos a regressar à escravatura. Qualquer dia não temos direito a nada e voltamos ao tempo em que o trabalho não dava mais do que o mínimo dos mínimos para a subsistência.