quarta-feira, 7 de março de 2012

"Heróis", de cara destapada,

Aqui há tempos, quando grande parte do país ficava maravilhado com a acção de um grupo de hackers que divulgava dados sobre agentes da nossa polícia, homens e mulheres como nós que ficavam expostos ao perigo das retaliações mais malucas, escrevia sobre a desconfiança que me despertam os heróis que, porque não dão a cara, se fazem na penumbra. Hoje, ficámos a saber que aquele que era considerado um dos hackers mais procurados do planeta, aquele mesmo que pedia a milhares de utilizadores do Twitter que se revoltassem e atacassem sites governamentais e de entidades públicas, como acabou também por acontecer por cá, estava, afinal, a trabalhar para a polícia federal norte-americana, o FBI. A lotaria a que aludi então pendeu para aqui. Os mais entusiasmados que se deixaram levar na onda estão neste momento presos e a ser julgados como criminosos que são. Agora, não há quem os aplauda. Já ninguém os conhece. É a vida.

5 comentários:

bombista não-suicida disse...

Pergunta pertinente do dia: ... o amigo borguista Tourais não anda por acaso a trabalhar para o SIS, pois não? :))

Filipe Tourais disse...

Não acho nada pertinente, amigo "bombista". Como deve compreender, os agentes secretos não se desmancham assim por dá cá aquela bomba.

bombista não-suicida disse...

claro que quis dizer "amigo bloguista"... quanto aos agentes de cá não se desmancharem... haja um jornalista mais afoito a abanar com umas notas, e logo veremos...

Filipe Tourais disse...

Pois, mas não está a insinuar que eu seja um agente secreto dessa estirpe, certo? Um mínimo de qualidade, ao menos, se faz favor.

bombista não-suicida disse...

Claro que a minha insinuação não vai nesse sentido, não vejo ninguém por aqui a "abanar notas" e julgo que está a prestar um excelente serviço a todos aqueles que por ele procuram. Não é qualquer blog que me chama a atenção... Se, no entanto, for algum agente secreto, pelo menos que seja um do tipo "Bond". :))