segunda-feira, 26 de março de 2012

A função de um jornalista é

O Presidente norte-americano, Barack Obama, foi "apanhado" a prometer ao cessante Presidente russo, Dmitri Medvedev, “mais flexibilidade” após as eleições de Novembro nos EUA para discutir questões contenciosas como a defesa antimíssil. Na cimeira, câmaras de televisão e microfones gravaram o americano a pedir ao russo “espaço” até às eleições de Novembro. Medvedev respondeu que iria passar a mensagem a Vladmir Putin, que ocupará agora a presidência. O suicídio político de Obama foi captado pelas câmaras e microfones Larry Downing, da Reuters. e não, não há notícias de qualquer retaliação do género daquela que os serviços de imprensa do Conselho Europeu aplicaram ao repórter de imagem da TVI António Galvão, que gravou a tal conversa informal entre o nosso gasparzinho e o gasparzão alemão, e que muitos colegas e compatriotas seus aplaudiram como rafeiros provincianos. A função de um jornalista continua a ser noticiar tudo o que possa interessar ao seu público e não a de fazer loas ao poder.

Sem comentários: