quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Acima e dentro das nossas possibilidades

Andam para aí uns abusadores a fazer hemodiálise à nossa conta e, dessa forma, a prolongar desnecessariamente e de forma gratuita as suas vidas. Temos todos a agradecer a Manuela Ferreira Leite tê-los descoberto. Fez a sua parte. Cabe-nos agora aceitar a sua generosa sugestão de pô-los a pagar os próprios vícios e, juntamente com os nossos impostos, canalizar a poupança assim conseguida integralmente para a hemodiálise das finanças públicas que é feita através do pagamento das negociatas das auto-estradas e dos juros agiotas dos empréstimos externos, em ambos os casos, que o Governo se recusa a negociar. E por uma razão muito simples: porque podemos pagar. E porque as pessoas se deixam convencer de que o Sistema Nacional de Saúde universal e gratuito é que é um luxo incomportável que está acima das nossas possibilidades.

1 comentário:

Anónimo disse...

A igreja já veio à rua excomungar esta senhora? O direito à vida é uma prerrogativa de Deus. Isto da concorrência vai acabar mal.
António