quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Uma "reforma estrutural" na primeira pessoa

Segue, abaixo, aquilo que é simultaneamente uma descrição da “reforma estrutural” da Saúde na primeira pessoa e, apesar dos indícios de ter ficado pelo menos um livro amarelo por preencher, um exercício de cidadania raro, com um valor acrescido por ter sido escrito por alguém que pedia cama e não teclas. A Maria João quis minimizar a surpresa de todos nós os que venhamos a recorrer a este SNS que, pelas mãos de uma perigosa quadrilha ao serviço de interesses bem identificados, se prepara para racionar pelo preço o direito à Saúde que era nosso, ao mesmo tempo que poupa em aspectos essenciais para a prestação de um serviço público com mínimos de qualidade e fiabilidade. Rápidas melhoras para ela, Maria João Brito de Sousa

Sem comentários: