quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Demagogia a custo zero

A partir de 1 de Janeiro, os deputados da Assembleia da República vão passar a voar em classe económica nas viagens com duração inferior ou igual a quatro horas, sendo permitido viajar em executiva apenas em deslocações de duração superior. É mais uma daquelas medidas simbólicas que não aquecem nem arrefecem mais do que a demagogia. Duvido que se poupe o que quer que seja, mas, ainda que se poupe alguma coisita, preferia que poupassem no que interessa: nos juros que pagamos à especulação financeira sem que o Governo exija que o BCE forneça liquidez aos Estados sem intermediação parasitária, na exorbitância que pagamos pelas parcerias público-privadas que a mesma demagogia se recusa a renegociar ou nos pareceres que o Estado português, AR incluída, encomenda a escritórios de advogados de uns amigos com direito a tratamento de primeira. Aqui, sim, teríamos poupança, mas preferem poupar na vontade política.

Sem comentários: