quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Aulas práticas sobre voto útil: transparência


Foi apenas com os votos do Bloco, PCP e Verdes que a lei passou, mas nem o PSD, nem o CDS, nem o PS ousaram impedir o alargamento de três para seis anos do período de impedimento para os gestores e governantes que com tanta ferquência passam para empresas do sector privado com quem negociaram enquanto ocupavam cargos públicos. Para o Bloco de Esquerda, e julgo que para todos os que acompanhem a vida pública com o mínimo de atenção e esclarecimento, a realidade demonstrou que o limite de 3 anos era manifestamente insuficiente para a transparência da vida democrática e do sistema político". Estamos a pagá-lo bem pago.

Sem comentários: