quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Amigos para siempre

O Governo português prepara-se para aceitar que o seu homólogo chinês nacionalize a eléctrica portuguesa. Será a China a rentabilizar, em proveito próprio, o investimento em energias renováveis que nos foi e será cobrado pelo tal “défice tarifário” que o regulador consegue encontrar nos mais de 5 milhões de euros de lucros diários que vão reforçar os laços entre os dois países. Dirão os chineses: eles aceitam pagar-nos uma renda por toda a vida que, ao pesar na competitividade do país com uma das tarifas mais inflacionadas de toda a Europa, ainda compensam quer com diminuição de dias de férias e supressão de feriados, quer com salários cada vez mais parecidos com os dos chineses. Calamba! Os portugueses são mesmo amigos.

Sem comentários: