quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Quem quer tomar conta do D. Mariazinha?

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, diz que conta divulgar o nome do novo director artístico do Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII) “ao longo da próxima semana”, lê-se numa breve nota enviada à imprensa. Aceitam-se apostas sobre quem será.


Há quem assegure que a própria D. Maria II, porque a ocupação externa não deixou dinheiro para mais. Há também quem refira que o subchefe e maestro da banda dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova do Remijo foi convidado e declinou com um “nem pensar nisso é bom”. E existem rumores sobre idêntico esforço desenvolvido junto do Presidente da Filarmónica de Vale da Burra (Lagiosa do Bandulho), impossibilitado por já ter assinado em segredo pela rival do Faralhão (Setúbal).


Por mim, aposto no nome daquele artista que não quer informação na televisão pública: também não há-de querer teatro no rebaptizado D. Mariazinha, o que, convenhamos, encaixa na perfeição nos planos do projecto de ministro da variante de Cultura baratinha desta espécie de Governo. O próprio Passos Coelho não seria mal pensado. As acumulações estão na moda e já mostrou que percebe imenso de teatro.


Resultado final do sorteio: João Mota. Ninguém acertou.

Sem comentários: