terça-feira, 8 de novembro de 2011

Nós é que temos que aguentar com ele(s)


“Já não o aguento, é um mentiroso”, disse Sarkozy a Obama. “Podes estar farto dele, mas eu tenho [tem?] de lidar com ele todos os dias!”, retorquiu o líder dos EUA. Passos Coelho, quando ler estas linhas, há-de ficar ciumento. Não era sobre ele que os dois falavam. Nem sobre o colega Paulo Portas, que foi dos poucos que viram sinais insufismáveis de armas de destruição maciça no Iraque. Com este capital humano, Portugal é uma potência que pode ajudar a convencer Sarkozy e Obama a descobrirem as armas atómicas que o primeiro mentiroso diz haver no Irão.

Sem comentários: