sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Bom dia ou bom diazinho, consoante os casos

Hoje, apetece-me pôr aqui uma frase realmente interessante. Não, não tenham medo, não é uma citação do Dalai Lama. Muitos poderiam não entendê-la e seria demasiado cultural. Também não é o horóscopo para hoje. Seria demasiado inteligente. E muito menos uma frase do género "ama/vive como se fosse o último dia da tua vida", "sejam felizes" ou outra qualquer no imperativo. Arriscar-me-ia a ser demasiado profundo e detesto ser directivo. Vou direito ao assunto: DIZ-ME O QUE FACEBOOKAS E DIR-TE-EI QUEM ÉS. Também está no imperativo, bem sei, mas acabei de ouvi-la na rádio e pareceu-me giro, sei lá.

Finalmente, sinto-me com o dever cumprido. Dei o meu contributo para um mundo mais positivo e melhor. É um contributo pequenino, já se vê, mas se todos fizermos o mesmo, teremos todos a ganhar.

Ah! Não colem isto no mural de 10 amigos para mostrarem como são meus amiguinhos ou como forma de evitar outros tantos anos de azar, que não há pachorra e nove chegam perfeitamente.

Então, bom dia ou bom diazinho, consoante os casos. 11.11.11, já repararam? Que medo.

3 comentários:

Maria Loureiro disse...

Nem sempre a análise é correcta. Muitos “facebookianos” com receio de não agradar aos seus contactos, não publicam determinados conteúdos, emitem opiniões contrárias à sua personalidade ou gostam de tudo indiscriminadamente… “No teatro dos enganos, a pressão social chega ao “palco” do facebook e é, como muitas outras coisas, ampliada.” Enfim, sei lá… o que não se faz para manter a boa imagem nas redes sociais…
Deixemos Dalai Lama, para quem entende. Horóscopo para quem acredita, os “clichés” de amor/vida para quem gosta… Para todos, BOM DIAZINHO!!!

P.S. – Não colem no mural de 10 amigos, dá azar.

Filipe Tourais disse...

Também não era uma análise. Tentei apenas ser divertido light.

Eduardo Miguel Pereira disse...

11.11.11, isto é coisa do Demo, pá !
Pelo sim pelo não vou mas é fechar-me em casa.