quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Salários só de dois em dois meses?

Os quatro maiores bancos portugueses vão ter de, até ao final de Junho de 2012, reforçar os seus capitais em 7804 milhões de euros, mais 4400 milhões do que aquilo que estava inicialmente previsto. Depois do subsídio de férias e de Natal, os funcionários públicos vêem agora em perigo os salários dos meses pares. Ou serão os dos meses ímpares? As prestações da casa é que vão ter que descobrir quem as pague, pelo menos até à recapitalização seguinte.


Vagamente relacionado: “Os líderes europeus saúdam os esforços de Portugal, mas indicam que deve estar a postos para novas medidas que se revelem necessárias.

Sem comentários: