terça-feira, 11 de outubro de 2011

Futebol de austeridade

Portugal apresentou-se esta noite com um futebol de austeridade, daqueles que se aguentam com grande sacrifício, e foi derrotado por 2-1 por uma Dinamarca que tem um Governo de esquerda há menos de um mês. Assim, a selecção portuguesa terá que disputar o play-off e, se mantiver a mesma austeridade, duvido que não fique fora do Euro. A austeridade, já o sabemos, vale sempre espectáculos degradantes.


Por casualidade, repararam no que deu manter aquele Hélder Postiga em campo armado em Passos Coelho a olhar para a Madeira a afundar-se? Parecia mais um dos muitos espectadores do estádio, que não jogam, a ver o jogo dentro do relvado, sem cumprir com o seu dever de jogar e fazer jogar. Não adianta confiar neles, os sonsos que se limitam a fazer figura de corpo presente só servem para nos enterrar. Precisamos de mudar de atitude urgentemente, antes que seja tarde demais. A Dinamarca mostrou-nos como se faz. Qualificou-se directamente.

Sem comentários: