quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Outra bomba do humorista

Fica bem a Medina Carreira defender, como ontem o fez, que os governantes dos últimos dez anos deveriam ser julgados pelo estado em que deixaram o país. E serve bem o propósito de relativizar o despautério do reinado de Alberto João Jardim NO "SEMPRE FOI ASSIM", sem correr o risco de quebrar aquela regra segundo a qual as vozes de burro nunca chegam ao céu. Senão, vejamos: o julgamento proposto pressupõe uma auditoria à dívida que revele quem deve quanto e a quem; e a quem sempre se junta o nosso justiceiro de pacotilha quando ouve a proposta, que o Bloco de Esquerda mantém, de auditar a nossa dívida? Pois. Ao coro que entoa aquela do “radicais de esquerda”, “utópicos”, “irresponsáveis” e o diabo a quatro. Alberto João Jardim não foi o único a falsear as contas públicas? É verdade. Mas se a dívida da Madeira não tivesse sido auditada, como está a ser, não seria através do Medina-carreirismo que alguma vez chegaríamos à certeza QUE HOJE TEMOS, COM QUANTIFICAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DE BENEFICIÁRIOS , DE que o dinheiro dos nossos impostos serviu outros propósitos que não aqueles que justificam o sacrifício que fazemos de os pagar.

2 comentários:

OLima disse...

Muito bem. Vou tomar a liberdade de o citar, com o respetivo link, no Ondas3 de amanhã.

Anónimo disse...

O Catroga e o Passos Coelho bem insistiram aquando da estadia da troika para que os socialistas pusessem todos os esqueletos cá fora. Coitados deles (socialistas) mal eles sabiam que um dos maiores esqueletos estava guardado com o dinossauro da Madeira. Já imaginaram como teria sido a campanha política se este facto se tivesse descoberto antes. Bem imagino o PSD em guerra entre eles mesmos e o Jardim a disparar para todos lados. E imaginem o Jardim como conselheiro de estado a dizer mal do Sócrates pelos desvio de dinheiro. É caricato,só mesmo em Portugal. Mas ainda não ouvimos ninguém de peso a pedir para que o Jardim deixe de ser Conselheiro de Estado. No meio deste circo carnavalesco em que Portugal caiu só temos uma certeza o Zé- povinho vai pagar as contas.