quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Acordar, lá e cá

No Funchal, uma senhora foi para a maternidade para ter dois bebés gémeos: 1 rapaz e 1 rapariga. Em homenagem à sua terra natal, ela chamou a menina de Madeira e o menino de João Jardim. O Presidente do Governo Regional, ao saber da notícia, foi visitar a mãe e bebés. Ao chegar, a Sra. estava a dar peito ao menino e o Sr. Jardim tenta agradecer pela linda ideia dos nomes. A Sra. interrompe-o e diz baixinho: - Chiiiiuuuu!!! Se a Madeira acorda o João Jardim não mama mais! (retirado da caixa de comentários ao post anterior)

1 comentário:

Anónimo disse...

Diz o nosso presidente e o Passos Coelho que o buraco da Madeira feito pelo amigo AJJ foi muito mau para a imagem do país, pois nos envergonha e compara à Grécia, e faz com que os nossos amigos que nos emprestam o dinheiro nos olhem como vigaristas. Ora vamos ver se eu entendo. Então eu pondo-me do lado dos nossos amigos da troika que mais uma vez foram enganados, espero que pelo menos se tomem medidas para que o prevaricador seja suspenso e no mínimo julgado. Mas não, é tão grande a preocupação dos nossos governantes que até , nem suspendem as eleições e ainda o prevaricador concorre de novo as eleições, e ainda estão a rezar para que ganhe de novo as eleições. É preciso ter grande lata para que isto aconteça.