segunda-feira, 20 de junho de 2011

Tomem lá, seus invejosos!

Era a primeira vez que a maioria seria posta à prova. Esta manhã, uma publicação noticiava que Passos Coelho bem tentou atirá-lo contra a parede da AR para ver se colava. À primeira, não colou. À segunda, voltou a não colar. E não houve terceira. Fernando Nobre foi obrigado a desistir da corrida à presidência da Assembleia da República. Um vexame tão merecido quanto evitável, dirão alguns, com toda a razão. Mas o PB sabe que Fernando Nobre está a um pequeno passo de se tornar o sucessor de André Villas-Boas no banco do FCP. Falta-lhe apenas um voto.

4 comentários:

Daniel Santos disse...

teve a capacidade de ver que não dava e ficar apenas como deputado.

Filipe Tourais disse...

Teve a lata de ficar como deputado. Faltou novamente à palavra dada.

George Sand disse...

Mas ele ainda tem Palavra para dar? Se calhar já as distribuiu todas :)

Anónimo disse...

Se houvesse eleição para o palhaço nacional do ano ele levaria o meu voto.
www.youtube.com/watch?v=GXh2zkAQx7g