quarta-feira, 15 de junho de 2011

Supra, supra, camarada, supra

Segundo parece, que isto nunca se sabe, Fernando Nobre não será Presidente da AR. Na minha humilde opinião, deveriam conceder-lhe o cargo a nível supra. O supra-partidário supra-Presidente da AR parece-me bem. Não remunerado, obviamente. Depois, para o ano, Cavaco Silva que o condecore com a Ordem da Treta, também a título supra. Antes, porém, se a palavra dada não se converteu definitivamente numa supra-porcaria qualquer, deveria, pela sua própria mão, tornar-se supra-deputado.

1 comentário:

josé manuel faria disse...

A maior mentira política dos últimos anos.