segunda-feira, 23 de maio de 2011

Vitória da direita sobre a direita

Uma esquerda sem palavra, prostituta do poder económico e travestida de políticas de direita não faz sentido. Para comprová-lo, os espanhóis preferiram o original à má qualidade da cópia: o PSOE alcançou uma das suas maiores derrotas de sempre em eleições regionais e municipais. Com a derrocada do PSOE, do bipartidarismo resultante de um sistema eleitoral que abafa qualquer alternativa não podia esperar-se outro cenário que não o de uma vitória retumbante do PP. E assim foi. Mas, por toda a Espanha, milhares e milhares de espanhóis protestaram e continuam a protestar contra o afunilamento da sua democracia. Até há algum tempo atrás, estavam condenados a ser governados ou pelo PSOE ou pelo PP, mas havia esquerda e havia direita. Hoje, não é assim. Assim andaríamos em Portugal, a comemorar vitórias sucessivas da direita sobre a direita, caso o número de deputados do nosso Parlamento fosse reduzido. E andam para aí movimentações nesse sentido.

(editado)

Sem comentários: